English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Links Brasil Net

Tudo sobre as obras de J.R.R.Tolkien!

...pedo mellon a minno...


Arquivo do blog

sábado, 8 de outubro de 2011

Os Anéis de Poder

Três Anéis para os Reis-Elfos sob este céu.
Sete para os Senhores-Anões em seus rochosos corredores.
Nove para Homens Mortais, fadados ao eterno sono.
Um para o Senhor do Escuro em seu escuro trono
Na Terra de Mordor onde as Sombras se deitam.
Um Anel para todos governar. Um Anel para encontrá-los,
Um Anel para todos trazer e na escuridão aprisioná-los
Na Terra de Mordor onde as Sombras se deitam.

Segundo o poema acima, haviam três anéis do poder sob a guarda dos Reis-Elfos, mas quem eram eles, onde viviam e o que aconteceu com esses anéis?

O Silmarillion, que nos conta relatos dos dias antigos, também fala sobre os três anéis de poder, justamente em um capítulo intitulado “Dos Anéis de Poder e da Terceira Era”, narra que:
“Ora, esses eram os Três que haviam sido feitos por último e que possuíam os maiores poderes. Narya, Nenya e Vilya eram chamados: os Anéis do Fogo, da Água e do Ar, engastados com rubi, diamante e safira. (...) quem os guardasse poderia afastar os estragos do tempo e adiar o cansaço do mundo.
(...) eles haviam sido entregues nas mãos dos Sábios, que os ocultaram e nunca mais os usaram abertamente (...)
(...) os três permaneceram imaculados, pois foram forjados somente por Celebrimbor (...)”

Em outro trecho, no mesmo capítulo, há a revelação sobre quem eram os Sábios que guardaram os Anéis:


“(...) antes que terminasse a Terceira Era, os elfos perceberam que o Anel de Safira estava com Elrond, no belo vale de Valfenda, (...) Enquanto o Anel de Diamante estava na Terra de Lórien, onde morava a Senhora Galadriel. Rainha era ela dos elfos dos bosques, (...) O Anel Vermelho, porém, permaneceu oculto até o final, e ninguém além de Elrond, Galadriel e Círdan sabia a quem fora confiado.”
Mais algumas páginas a frente e descobrisse que era Mithrandir, o portador do terceiro Anel:

“(...) e nos dias finais revelou-se que ele era um senhor digno de enorme reverência; (...) somente quando chegou sua hora de partir foi que se soube que ele por muito tempo havia sido o guardião do Anel Vermelho do Fogo.”

Também há um trecho no livro O Senhor dos Anéis, ao final de toda jornada, é revelado o terceiro Anel de Poder, no capitulo “Os Portos Cinzentos”:

“(...) Frodo viu que Gandalf agora usava abertamente em sua mão o Terceiro Anel, Narya, O Grande, que ostentava uma pedra rubra como o fogo.”

No livro O Senhor dos Anéis, Gandalf (Mithrandir) relata em uma conversa com Frodo, o que foram feitos dos Anéis de Poder, mas não revela ser o portador de um dos Anéis:

“ – Os três, os mais bonitos de todos, foram escondidos dele pelos Reis-Elfos, e suas mãos nunca os tocaram ou macularam.”


Ao final da Terceira Era que os Três Anéis de Poder deixaram a Terra-Média e partiram com seus portadores para o mar, assim como relata um trecho em O Silmarillion:

“Nessa época, os últimos Noldor zarparam dos Portos e deixaram a Terra-Média para sempre. E depois de todos, os Guardiões dos Três Anéis chegaram ao Mar.”
http://tednasmith.mymiddleearth.com/2012/07/05/departure-at-the-grey-havens/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget