English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
Links Brasil Net

Tudo sobre as obras de J.R.R.Tolkien!

...pedo mellon a minno...


Arquivo do blog

domingo, 4 de setembro de 2011

Trechos da versão estendida


 Duas Torres
(terceira parte)

Chegando ao final da primeira parte na versão estendida, Frodo e Sam são capturados por Faramir, há um pequeno trecho em que os hobbits afirmam serem somente viajantes inocentes, mas Faramir aproxima-se deles e afirma que naquelas terras não há viajantes somente servos da Torre Negra, Frodo ainda insiste dizendo que eles estão ali em uma missão secreta, que assim como o bravo guerreiro que se opõem ao inimigo eles estariam ali em uma missão para ajudar e ninguém deveria os atrapalhar. 
Contudo, Faramir questiona-se quem é o verdadeiro inimigo, mostrando um guerreiro morto por seus homens, e se perguntando o que e quem seria aquele homem, se realmente ele era mau em seu coração e o que o motivou a marchar para tão longe de casa, finalizando seu devaneio olhando para Frodo e falando que a guerra fará muitos mortos ainda, assim termina sua fala pedindo que amarrem as mãos dos pequenos hobbits para levá-los como prisioneiros.


Ao iniciar da segunda parte da versão estendida vamos encontrar Aragorn e Éowyn conversando no acampamento montando a caminho do Abismo de Helm, a nobre mulher oferece para o guardião uma sopa feita por ela, alimento que provavelmente não estava com um gosto muito agradável, pois Aragorn ao aceitar a sopa e perceber que Éowyn não o olhava tentou esvaziar o prato, mas quase queimou sua mão, pois Éowyn virou-se novamente para lhe perguntar algo. 
Ela gostaria de esclarecer uma história que seu tio havia contado para ela, e não conseguia entender, pois o rei Théoden havia lhe conta do que Aragorn guerreou com seu avô Thengel, e isso seria impossível, pois ele deveria ter no mínimo sessenta anos, ou mais, Aragorn ressalta que o rei Théoden possui boa memória, pois era somente um menino na época, e depois de várias tentativas de adivinhar sua idade ele revela ter oitenta e sete, Éowyn se assusta e perde desculpas, pois ela agora sabe que ele é um dos Dûnedain, descendentes de Númenor e abençoados com vida longa.
Aragorn ainda complementa, dizendo que restaram poucos de sua raça, pois o Reino do Norte foi destruído há muito tempo atrás.

Árvore Genealógica dos Meio-elfos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget